Mais de Mil Adesões

Chegamos a mais de mil adesões. No post abaixo segue o Manifesto e lista atualizada. No entanto, ainda não nos foi possível relacionar aqui todos os que subscreveram o Manifesto; temos aproximadamente 500 e-mails para ver e já não é possível apenas pegar o nome e consignar na lista. Muitas das mensagens são de pessoas que desejam subscrever mas não estão ligadas à instituições de Ensino Superior (a elas pedimos desculpas e sugerimos que deixem uma mensagem nos comentários do blog), algumas não especificam à entidade, o que nos força a confirmar a informação. Por outro lado, começamos a receber e-mails com as seguintes características: falsos, que buscam comprometer deliberadamente a legitimidade da lista; com ofensas; tentativas de sabotagem; e anexos contendo vírus e afins. Como somos poucos, tudo isso tem atrasado as atualizações de lista.

São inúmeras as mensagens sugerindo outras ações no meio acadêmico, de forma que cogitamos usar este blog para articular algo de maior alcance.

Por fim, pedimos que continuem nos ajudando, assinando e divulgando o Manifesto. Em breve colocaremos arquivo com o Manifesto, para que possa ser baixado, impresso e divulgado.

Anúncios
12 comentários
  1. Sou aluna de doutorado da UFRJ, ingressei na Iniciação Cientifica na época do FHC e sei como foi dificil estudar em uma instituição que estava em processo de sucateamento. Não tínhamos o material mínimo para pesquisa, os professores tiravam do bolso para equipar laboratorios, comprar materiais, era surreal ter um presidente “intelectual” (como FHC adora se auto-denominar) e ficarmos à ver navios. Era terrivel o medo das privatizações.
    Hoje, fico muito feliz por não ter desistido da vida academica e poder constatar que foi no governo do metalurgico e não do sociólogo que tivemos maior apoio.
    Felicito a iniciativa e estou divulgando o manifesto!

    Vamos juntos lutar para que o povo seja informado, que possa refletir e ver que o melhor para nosso país é Dilma para presidente.

    Parabéns!!

    • Lusitânia Borges disse:

      Concordo com vc. Também fui bolsista do PIBIQ no perído de FHC e vivenciei todas essas dificuldades acrescida de uam formação baseada em professores substitutos. Hoje faço doutorado e sei o quanto a nossa educação mudou no governo Lula.
      Lusitânia Borges.

      Precisamos continuar avançando e por isso e muito mais voto 13. Voto Dilma. Vamos que vamos!!!

  2. Danielle Modesto disse:

    E se fosse utilizado um meio online de fazer o abaixo assinado?
    Como exemplo, há o site http://www.petitiononline.com/
    Talvez ajude, mas eu não sei se é possível restringir a participação apenas às pessoas com vínculo com Instituições de Ensino Superior.

  3. Reinaldo Miranda de Sá Teles - USP disse:

    Sem educação nao se constrói uma Nação. Vivemos total sucateamento das escolas públicas no estado de São Paulo, me parece que o PSDB, em repetidos mandatos, não se preocupou em investir neste setor. É uma pena!!!

  4. Fabiano disse:

    Sugiro que não deixem para divulgar a lista na última hora, para poder ter algum impacto alguns dias antes da eleição.

  5. Não sou professor mas sei o que aconteceu na área da educação nesse governo e sei como foi no governo anterior, sei qual a política que usa Serra e seus companheiros de PSDB/DEM para tratar os professores.

    Concordo com o Fabiano, essa lista deve ser sim divulgada o quanto antes para que essa ação chega ao conhecimento do público em geral, talvez até 25/10 que será o dia que abrirá a semana da eleição e depois atualizações da mesma, para que todos saibam que os professores não querem um desgoverno Serra, não pensem que a mídia de direita irá divulgar isso tão fácil assim, .

    Quando a lista estiver montada vocês devem enviar essa lista para o máximo de meios possível, inclusive os blogs que apoiam tanto Serra quanto Dilma, vocês encontram uma lista enorme de blogs progressistas em http://noticiagratis.blogspot.com/

    Sobre a restrição, será que não existem um número que identifique a pessoa como tem o CREA por exemplo, que possui um número de cadastro do profissional? Cada vez mais dados fornecer os professores mais confiável será a lista, assim se evitaria que pessoas ligadas a Serra enviem nomes que sequer existam, a campanha de difamação deles está a todo vapor e não dúvido nada que são capazes de fazer isso.

    valeu pessoal.

  6. Marilene disse:

    Sem educação nao se constrói uma Nação. Vivemos total sucateamento das escolas públicas tb no RS em diferentes mandatos, não se preocupam em investir.

  7. Fabiano disse:

    Atenção: Sugiro que verifiquem se TODOS da lista são professores universitários. Basta uma verificação rápida por meio de busca na internet. Se alguns dos nomes não forem de professores e a lista tiver repercussão, o Serra vai usar o fato para dizer (típico dele): “a lista nem é de professores universitários, é de petistas que querem fazer propaganda pra Dilma. Só isso.” Aí a imprensa repercute a fala dele (como sempre, como ele deseja), e a lista de assinaturas perde seu impacto.
    Acho que deveria ser organizado um evento para enumerar as conquistas do governo Lula e divulgar a lista.

  8. Lusitânia Borges disse:

    Concordo com vc. Também fui bolsista do PIBIQ no perído de FHC e vivenciei todas essas dificuldades acrescida de uam formação baseada em professores substitutos. Hoje faço doutorado na UFS e sei o quanto a nossa educação mudou no governo Lula.

    Precisamos continuar avançando e por isso e muito mais voto 13. Voto Dilma. Vamos que vamos!!!
    Lusitânia Borges.

  9. Parabéns a todos nós professores, lutadores por um ensino de qualidade para todos.
    Que consigamos nos unir como um só corpo não apenas neste manifesto, mas em busca de nossos objetivos.
    Dilma 13, sem dúvida, para não descermos a serra.
    Abraço.

  10. Em função da lei eleitoral que proíbe propaganda política após as 00:00 h do dia 28/10 (abaixo) e considerando que no dia 27/10 às 6:30h haverá um manifesto dos professores e pesquisadores da UFPB em defesa da candidatura de Dilma à presidência, proponho que juntemos nossas forças ao movimento que ocorrerá nesta quarta 27/10 para darmos maior visibilidade ao ATO PÚBLICO DE APOIO À CANDIDATA DILMA ROUSSEF e ao MANIFESTO DOS PROFESSORES, ALUNOS E FUNCIONÁRIOS DA UFPB EM DEFESA DA EDUCAÇÃO SUPERIOR.
    Sendo assim,

    1. Divulguem em suas listas e participem do Ato nesta quarta feira nos turnos da manhã e noite
    2. Assinem o manifesto abaixo e repassem para suas listas

    MANIFESTO DOS PROFESSORES, ALUNOS E FUNCIONÁRIOS DA UFPB EM DEFESA DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

    ATO PÚBLICO DE APOIO À CANDIDATA DILMA ROUSSEF

    27 DE OUTUBRO DE 2010

    Nós, professores, alunos e funcionários da Universidade Federal da Paraíba, cientes de nosso papel de formadores de opinião crítica em nossa sociedade, vimos através deste documento reafirmar nosso apoio a candidatura de Dilma Roussef à presidência da república.

    Em nossa trajetória acadêmica, fomos testemunhas da decadência e sucateamento impostos à UFPB pelo descaso com que o governo federal, na gestão do então presidente Fernando Henrique Cardoso, tratou a educação pública, em especial o Ensino Superior. Não houve, por quase uma década, investimentos significativos na estrutura física das Universidades, nem na criação de novos cursos que propiciassem o aumento gradativo das oportunidades do jovem brasileiro de ingressar no Ensino Superior de qualidade na rede pública. Este descaso estendeu-se à ausência de fomento da pesquisa, que sofreu com orçamentos achatados e que não refletiam as necessidades do país em avançar nas áreas de ciência e tecnologia. A universidade pública foi desprestigiada e largada a sua própria sorte e seus professores sofreram com perdas salariais irreversíveis, planos de cargos pouco condizentes com as exigências da produção acadêmica e minimização do seu papel social no contexto brasileiro.

    Contudo, esse panorama mudou radicalmente na gestão do Presidente Lula. Investimentos nunca destinados à Educação começaram a surgir. Com uma gestão descentralizadora, respeitando as particularidades regionais, as universidades públicas brasileiras entraram num processo de valorização e desenvolvimento do conhecimento. O Reuni ofereceu a possibilidade de uma equiparação da oferta e da demanda do Ensino Superior. A universidade foi interiorizada através da abertura de novos Campi e Universidades e da criação do ensino público a distância por meio da Universidade Aberta do Brasil (UAB), dando possibilidades para a população distante dos grandes centros de se aperfeiçoar para o mercado de trabalho além de gerar renda e mobilidade social.

    Assim, nós professores, alunos e funcionários da Universidade Federal da Paraíba nos posicionamos contra um projeto de governo que rompa com os avanços conquistados nos últimos oito anos, sob o risco de retroceder a uma política pública que não tem o Ensino Superior como um dos principais focos da educação. Desse modo, nos colocamos publicamente em Ato Público de apoio à candidatura de Dilma Roussef por entender que seu projeto de governo contempla com mais equilíbrio as demandas da Educação Superior, promovendo os avanços no ensino, na pesquisa e no progresso da ciência e tecnologia.

    Fórum de Mulheres da UFPB

    Professores/Alunos/Funcionários da UFPB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: