arquivo

Arquivo mensal: novembro 2010

A APG (Associação dos pós-graduandos da USP) declarou apoio ao ato contra a criminalização da política na USP, e estará presente na ocasião.

O ato é amanhã, às 18h, no prédio das Faculdades de História e Geografia. Marilena Chauí, João Adolfo Hansen, Vladimir Safatle, Jorge Luiz Souto Maior entre outros estarão presentes, além de diversas entidades representativas das três categorias.

Antes do ato, a partir das 14h ocorrerá concentração em frente à Reitoria, para acompanhar o depoimento dos estudantes ameçados de eliminação da USP.

Anúncios

Como estamos falando de criminalização da política na USP, retomamos texto escrito por alguns estudantes dessa Universidade meses antes da eleição que escolheu o sucessor*  da ex-reitora Suely Vilela. Temendo um retrocesso conservador, eles alertavam para os riscos de uma gestão daquele que acabou por suceder Vilela e hoje comanda a administração da USP: João Grandino Rodas. Read More

MANIFESTO EM DEFESA DA POLÍTICA NA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

UMA UNIVERSIDADE se traduz pelo seu potencial de produção de ideias que tenham relevância para o aprimoramento da vida em sociedade, notabilizando-se para tanto o exercício democrático, que pressupõe a liberdade de expressão e de organização, assim como a tolerância com relação às diversidades. Integra a dinâmica da universidade, portanto, as ações políticas necessárias para a vivência democrática. Read More

21 estudantes são ameaçados de “eliminação definitiva” da USP

por Decreto da Ditadura Militar

            21 estudantes, até agora, estão ameaçados de “eliminação definitiva” da USP por conta de seu ativismo político. Quatro deles acusados pela ocupação da reitoria em 2007, e 17 acusados pela retomada de parte da moradia do CRUSP durante este ano. Todos eles respondem a processo administrativo por praticar ato atentatório à moral ou aos bons costumes”, “perturbar os trabalhos escolares e a administração da universidade”, “atentar contra o nome e a imagem da universidade”. Todos eles são acusados com base em um decreto da Ditadura Militar (52.906, de 1972). (Disponível em: http://www.usp.br/leginf/rg/d52906.htm). A pena impede definitivamente qualquer vínculo institucional, de cunho acadêmico ou trabalhista. Read More

Deram início a um abaixo-assinado em apoio ao ministro da Educação Fernando Haddad. Já assinaram a nota pessoas como Marilena Chauí, Heloísa Fernandes, Ricardo Musse, Luiz Felipe Alencastro, Lincoln Secco entre outros. Segue abaixo a íntegra da nota e link para o documento original:

Nota de apoio ao Ministro da Educação Fernando Haddad

Há, com certeza, muito a ser feito para superar os efeitos de uma desatenção histórica, por parte das elites brasileiras, ao campo da educação no país. Não obstante, entre os esforços sérios e consistentes para alterar tal quadro, com justiça, deve figurar o papel desempenhado nos últimos anos pelo ministro Fernando Haddad. Sob sua gestão, o Ministério da Educação desenvolveu importantes iniciativas para a qualificação dos professores da rede de ensino fundamental, através do envolvimento da Capes, e reverteu o processo de redução do papel da universidade pública e federal no conjunto do ensino superior brasileiro. Read More