Metrô News: Vereadores vão à Corregedoria contra a PM

Marcela Fonseca – do Metro News (21.fev.2011)

Os vereadores do PT Juliana Cardoso, José Américo Dias e Antonio Donato devem protocolar hoje uma representação junto à Corregedoria da Polícia Militar contra os policiais militares que, na quinta-feira,17, agrediram manifestantes que protestavam em frente do prédio da Prefeitura contra o aumento da tarifa do ônibus municipal. Pelo menos dez pessoas ficaram feridas no confronto.

Segundo a vereadora Juliana Cardoso, a bancada do PT se reuniu e decidiu entrar com uma representação na Corregedoria motivada pelas ações da Polícia Militar durante a manifestação. “E em relação à Guarda Civil Metropolitana (GCM) também vamos representar todos os abusos que sofremos, desde o momento que não nos permitiram nossa entrada no prédio, os desacatos, as palavras ditas de maneira ofensiva e o desrespeito contra nós parlamentares”, desabafou.

Juliana afirmou também ter sido agredida por policiais militares que usavam cassetetes. “Vieram para cima de mim e apertaram o cassetete na minha barriga”, afirmou.

De acordo com Juliana, o protesto que reuniu cerca de 400 pessoas começou de forma pacífica, e foram os policiais que instigaram a violência. “A GCM jogou gás de pimenta, bombas de efeito moral e disparou balas de borracha contra os manifestantes. Eles começaram tudo isso”, completou.

Procuradas, a Prefeitura e a Polícia Militar não se manifestaram. Na quinta-feira, 17, a Prefeitura, em nota, disse que “sempre manteve canais abertos de diálogo com a sociedade e que, por isso, não é possível compreender e aceitar a violência usada nesta quinta-feira, 17, por manifestantes que protestam contra a tarifa do sistema de transporte público da cidade”.

Tarifa – Os advogados do vereador Ítalo Cardoso, líder da bancada do PT na Câmara Municipal, protocolaram na manhã de sexta-feira, 18, um mandado de segurança contra o prefeito Gilberto Kassab, com pedido de liminar, contra o reajuste da passagem de ônibus na Capital, que subiu de R$ 2,70 para R$ 3 no dia 5 de janeiro.

Procuradas, Prefeitura e PM não se manifestam.

Anúncios
1 comentário
  1. KKKK disse:

    Pois é, pague a conta dos prejuízos que o prédio sofreu…
    Vidros quebrados, enfim… O poder de Policia do Estado, bem como do Município, visa, justamente, proteger e manter a ordem pública…
    E outra, estudantes? Com bandeiras de Socialismo, Comunismo? – Acho que deveriam estudar, pois poderiam acabar ocupando o cargo de Presidente, inovando em mensalões, etc…
    Tome cuidado, também, não podemos virar uma Cuba…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: