arquivo

Arquivo mensal: março 2011

Rodas reitor da USP

Ana Okada – UOL Educação

O reitor da USP (Universidade de São Paulo), João Grandino Rodas, está isolado politicamente entre os setores da universidade. A popularidade do dirigente de uma das mais conceituadas instituições de ensino superior do Brasil está em baixa entre funcionários, professores e estudantes.

Sempre fez parte do jogo político a reitoria ter oposição do sindicato dos trabalhadores, o Sintusp, enfrentar disputas com a associação dos professores, a Adusp, e receber reivindicações de eleições diretas para reitor feitas pelos estudantes, por meio do DCE (Diretório Central de Estudantes) e pelos centros acadêmicos. No entanto, uma série de decisões tomadas por Rodas tem deixado a relação mais tensa. Read More

do Estadao.com

Estudantes que ocupam uma parte do Conjunto Residencial da USP (Crusp) afirmam em nota que não são a favor da transferência de departamentos da universidade para prédios fora da Cidade Universitária, contrariamente ao sugerido na reportagem ‘Invadido, espaço administrativo vira ”Crusp clandestino”’, publicada no Estado, no dia 20 de março. Veja nota abaixo:

Nota Pública em resposta ao Jornal Estado de São Paulo Read More

Paul Krugman* – Folha de São Paulo

Recentemente, o historiador William Cronon, professor na Universidade do Wisconsin, decidiu participar do tumultuado debate político em seu Estado. Criou o blog “Scholar as Citizen”, e dedicou seu primeiro post ao papel do nebuloso American Legislative Exchange Council na promoção de projetos de lei conservadores de linha dura em nível estadual. Em seguida, escreveu um artigo de opinião para o “New York Times” no qual sugeria que o governador republicano do Wisconsin havia abandonado a tradição de “boa vizinhança, decência e respeito mútuo” que por longo tempo prevaleceu no Estado. Read More

Do jornal Valor Econômico

Depois de mais de três anos sem participar de políticas públicas com o governo federal, a Secretaria Estadual de Educação de São Paulo vai anunciar nos próximos dias três parcerias com o Ministério da Educação (MEC) para reforçar o ensino profissionalizante paulista e ofertar bolsas de estudo para alunos de pedagogia e professores da rede pública. Read More

Investimento será em infraestrutura e organização acadêmica. Plano tem como objetivo diminuir a evasão de alunos que estudam à noite.
Do G1, com informações da Agência Estado 

A Universidade de São Paulo (USP) finaliza o maior projeto de reformulação de seus cursos noturnos. É a primeira vez que a reitoria decide concentrar investimentos especificamente nessas graduações, que tiveram suas vagas ampliadas nos últimos anos. O plano, que deve custar cerca de R$ 23 milhões, dá prioridade à infraestrutura e à organização acadêmica e pretende frear a evasão nessas carreiras. Read More

Ilan AvrichirO Estado de S.Paulo

Os jornais publicaram recentemente notícias, de profundidades variadas, sobre o conflito que se instaurou entre músicos e maestro na mais tradicional orquestra sinfônica do País. No epicentro, a decisão do regente de aplicar provas aos músicos como parte do que ele qualifica como esforço de melhoria contínua do nível artístico do conjunto. Read More