arquivo

Arquivo mensal: fevereiro 2011

Amanda Cieglinski – Da Agência Brasil

O corte de R$ 3 bilhões em despesas discricionárias do MEC (Ministério da Educação), anunciado hoje (28) pelo Ministério do Planejamento, não afetará os programas da pasta. O ministro Fernando Haddad, que está em Recife para participar da cerimônia de abertura do ano letivo da UFPE (Universidade Federal de Pernambuco), reafirmou que as ações previstas serão executadas. Read More

João Grandino Rodas, com seus lindos cabelos tingidos de acaju, despachou, sem mais, na semana passada, Edusp e CCS para o prédio alugado na avenida Corifeu de Azevedo Marques.

Conforme um leitor comentou neste blog, e pudemos confirmar hoje, o despacho foi sumário, sequer houve como desmarcar reuniões agendadas na Antiga Reitoria. Não bastasse isso, o novo prédio está com as paredes sujas, é pequeno para acomodar o número de pessoas transferidas, não existe tomada suficiente para computadores, está sem telefone e não tem internet.

Na reitoria, diz-se que o atual reitor odeia ser contrariado, chegando ao paroxismo de se desgastar com eventuais e-mails que contenham críticas à sua administração. Some-se isso às medidas despóticas que vem tomando, Rodas está parecendo mais um reizinho mimado que um reitor.

Manifestação da Congregação da FFLCH da USP

Aprovada por unanimidade na reunião do Colegiado

Realizada no dia 24.fev.2011

A Congregação da FFLCH vem a público para lamentar profundamente a decisão de demitir um grande número de funcionários tomada pela Reitoria no mês de janeiro do corrente ano. Tal medida, inédita na história desta universidade, fere a natureza de colaboração estável e permanente que caracteriza as atividades de docência e pesquisa desenvolvidas em uma instituição pública. Por essa razão, entendemos que o único modo de começar a reparar os danos causados pela quebra desse paradigma é a readmissão de todos os funcionários, na esperança de podermos reconstruir os laços de confiança necessários ao nosso trabalho tão abruptamente rompidos.

 

Dirigentes de federais temem ingerência de órgão em universidades

Por Demétrio Weber – de O Globo

A criação de uma estatal para gerir hospitais universitários divide opiniões e enfrenta a resistência de reitores das universidades federais. Reunidos na semana passada, em Brasília, eles não chegaram a um consenso sobre a empresa pública criada por medida provisória em 31 de dezembro, no último dia do governo Lula. Read More

Acordo com empresários que financiaram ditadura é uma das principais causas do entrave; entidades e ministra [Maria do Rosário] defendem abertura de arquivos

Por Lúcia Rodrigues – da revista Caros Amigos (edição do mês de fev.2011)

O Brasil é o país mais atrasado do Cone Sul quando o assunto é direitos humanos. Enquanto Argentina, Chile e Uruguai já condenaram centenas de agentes do Estado que perseguiram, sequestraram, torturaram e assassinaram milhares de ativistas de esquerda durante os anos de chumbo, aqui nenhum repressor sentou no banco dos réus. Read More